AÇÕES DIRETAS DO PRÓPRIO DEUS
AÇÕES DIRETAS DO PRÓPRIO DEUS

ALGUMAS AÇÕES DIRETAS DO PRÓPRIO DEUS

- Tornou defeituosas as rodas dos carros egípcios

“Na vigília da manhã, o Senhor, na coluna do fogo e da nuvem, olhou para o campo dos egípcios, e alvoroçou o campo dos egípcios; embaraçou-lhes as rodas dos carros, e fê-los andar dificultosamente; de modo que os egípcios disseram: Fujamos de diante de Israel, porque o Senhor peleja por eles contra os egípcios” (Êxodo 14.24,25).

- Causou dores, medo, pavor e tremores ao povo inimigo de Israel

“Quem entre os deuses é como tu, ó Senhor? A quem é como tu poderoso em santidade, admirável em louvores, operando maravilhas? Estendeste a mão direita, e a terra os tragou. Os povos ouviram e estremeceram; dores apoderaram-se dos habitantes da Filístia.

Então os príncipes de Edom se pasmaram; dos poderosos de Moabe apoderou-se um tremor; derreteram-se todos os habitantes de Canaã. Sobre eles caiu medo, e pavor; pela grandeza do teu braço emudeceram como uma pedra, até que o teu povo passasse...” (Êxodo 15.11-18).

- Mandou semente que se transformaria em massa para pão caído do céu

“Então o Senhor falou a Moisés, dizendo: Tenho ouvido as murmurações dos filhos de Israel; dize-lhes: À tardinha comereis carne, e pela manhã vos fartareis de pão; e sabereis que eu sou o Senhor vosso Deus” (Êxodo 16.11,12).

“E era o maná como a semente do coentro, e a sua aparência como a aparência de bdélio. O povo espalhava-se e o colhia, e, triturando-o em moinhos ou pisando-o num gral, em panelas o cozia, e dele fazia bolos; e o seu sabor era como o sabor de azeite fresco. E, quando o orvalho descia de noite sobre o arraial, sobre ele descia também o maná” (Números 11.7-9).

- Aves trazidas por um vento

“Soprou, então, um vento da parte do Senhor e, do lado do mar, trouxe codornizes que deixou cair junto ao arraial quase caminho de um dia de um e de outro lado, à roda do arraial, a cerca de dois côvados da terra. Então o povo, levantando-se, colheu as codornizes por todo aquele dia e toda aquela noite, e por todo o dia seguinte...” (Números 11.31,32).

- Deus enviou serpentes entre o povo por causa de seu pecado

“E o povo falou contra Deus e contra Moisés: Por que nos fizestes subir do Egito, para morrermos no deserto? pois aqui não há pão e não há água: e a nossa alma tem fastio deste miserável pão. Então o Senhor mandou entre o povo serpentes abrasadoras, que o mordiam; e morreu muita gente em Israel. Pelo que o povo veio a Moisés, e disse: Pecamos, porquanto temos falado contra o Senhor e contra ti; ora ao Senhor para que tire de nós estas serpentes. Moisés, pois, orou pelo povo” (Números 21.5-7).

- Deus enviou vespões para o campo de guerra do inimigo

“Pois enviei vespões adiante de vós, que os expulsaram de diante de vós, como aos dois reis dos amorreus, não com a vossa espada, nem com o vosso arco.

“Se disseres no teu coração: Estas nações são mais numerosas do que eu; como as poderei desapossar? Delas não terás medo; antes lembrar-te-ás do que o Senhor teu Deus fez a Faraó e a todos os egípcios; das grandes provas que os teus olhos viram, e dos sinais, e das maravilhas, e da mão forte, e do braço estendido, com que o Senhor teu Deus te tirou: Assim fará o Senhor teu Deus a todos os povos, diante dos quais tu temes. Além disso o Senhor teu Deus mandará entre eles vespões, até que pereçam os restantes que se tiverem escondido de ti.

“Também enviarei na tua frente vespas, que expulsarão de diante de ti os heveus, os cananeus e os heteus” (Êxodo 23.28).

(Não te espantes diante deles, porque o Senhor teu Deus está no meio de ti, Deus grande e terrível” - Deuteronômio 7.17-21).

- Pedras vindas da parte de Deus

“Pois, quando eles iam fugindo de diante de Israel, à descida de Bete-Horom, o Senhor lançou sobre eles, do céu, grandes pedras até Azeca, e eles morreram; e foram mais os que morreram das pedras da saraiva do que os que os filhos de Israel mataram à espada” (Josué 10.11).

- Brasas de fogo

“O Senhor trovejou a sua voz; e havia saraiva e brasas de fogo” (Salmo 18.13).

- Fez brotar água de uma fonte desativada

“Depois, como tivesse grande sede, clamou ao Senhor, e disse: Pela mão do teu servo tu deste este grande livramento; e agora morrerei eu de sede, e cairei nas mãos destes incircuncisos? Então o Senhor abriu a fonte que está em Leí, e dela saiu água; e Sansão, tendo bebido, recobrou alento, e reviveu; pelo que a fonte ficou sendo chamada En-Hacore, a qual está em Leí até o dia de hoje” (Juízes 15.19).

- Deus fez com que os inimigos se voltassem contra si próprios

“Pois, ao tocarem os trezentos as trombetas, o Senhor tornou a espada de um contra o outro, e isto em todo o arraial, e fugiram...” (Juízes 7.22).

“Ora, quando começaram a cantar e a dar louvores, o Senhor pôs emboscadas contra os homens de Amom, de Moabe e do monte Seir, que tinham vindo contra Judá; e foram desbaratados. Pois os homens de Amom e de Moabe se levantaram contra os moradores do monte Seir, para destruí-los e exterminar; e, acabando eles com os moradores do monte Seir, ajudaram a destruir-se uns aos outros” (II Crônicas 20.22,23).

- O Senhor trovejou e espantou o inimigo

“Então tomou Samuel um cordeiro de mama, e o ofereceu inteiro em holocausto ao Senhor; e Samuel clamou ao Senhor por Israel, e o Senhor o atendeu. Enquanto Samuel oferecia o holocausto, os filisteus chegaram para pelejar contra Israel; mas o Senhor trovejou naquele dia com grande estrondo sobre os filisteus, e os aterrou; de modo que foram derrotados diante dos filhos de Israel. Os homens de Israel, saindo de Mizpá, perseguiram os filisteus e os feriram até abaixo de Bete-Car” (I Samuel 7.9-11)

 

 

***