2 - INSTANTES
2 - INSTANTES

1 - Avarento

 

O amado pão duro

No dia dos namorados:

- Nada é eterno, querida.

Por que, então, presentear o efêmero?

 

2 - Monitorado

 

Nosso coração bate em ritmo

De amor e de desamor.

Mas a vida, como um monitor,

É quem traça as trajetórias.

 

3 - Amor Próprio

 

A autopiedade

É apenas um carinho

Quando me sinto só.

 

4 - Divisão

 

Existem dois tipos de gente:

A gente que somos

E a gente que queremos ser.

 

5 - Demagogia

 

Acalentar o sonho de uma gente

Que não tem como comprar esse sonho

É puro sadismo.

 

6 - Meia-Lua

 

A noite é o lado escuro

De nossa solidão.

 

7 - Radicalismo

 

Para os passionais

Tudo ou nada

É o melhor caminho.

O meio termo

É um atalho nunca trilhado.

 

8 - Velho baú

 

A vida é um grande

Álbum fotográfico.

Às vezes ficamos horríveis

Em determinadas poses.

 

9 - Controle de compulsão

 

Algumas mulheres

São mantidas a rédeas curtas

Pelos bolsos de seus maridos.

 

10 - Difícil caminho

 

O amor a dois

É um campo minado.

No entanto,

Todos acham

Uma trilhazinha,

Embora dinamitados aqui e acolá.

 

11 - Página virada

                    A J.P

Ele me foi um bom romance.

A editora da vida

Não reconheceu tal valor.

Engavetei-o.

 

12 - Persistência Cega

 

Tem mulher que marca

Um homem a ferro

E vai tolerando-o

Entre um coice e outro.

 

13 - Realismo

 

Prefiro a angústia

Das verdades de Deus,

À paz de minha

Humildade, às vezes enganosa.

 

14 - Oportunismo

 

Para esquecermos

Um velho amor

Só precisamos de um sósia

Que o supere.

 

15 - Milimetricamente

                       A J.P.

Ele não chegou a ser

Meu grande amor.

Mas tinha a medida exata,

Segundo minha visão, quem sabe, embaçada.

 

16 - Constatação

 

As angústias cotidianas

Inspiram-me.

Quando escrevo

Não o faço por ser um dom

Ou uma hereditariedade intelectual.

 

17 - Conforme a música

 

A vida é um circo.

Faça-se de gaiato

Ou os palhaços

Devoram-lhe.

 

18 - Confusão sentimental

 

Não me casei

Porque o excesso de pretendentes

Confundiu-me.

 

19 - O outro lado da moeda

 

A melhor coisa do ser humano

É descobrir-se completo

No amor de sua cara-metade.

Daí todo o resto é transponível.

 

20 - Mutismo

 

O maior silêncio do mundo

Está na solidão.

Ainda assim é possível

Ouvir seus gemidos.

 

21 - Sob o olhar de Deus

 

Quando Deus nos sonda

Com seus poderosos

Olhos de raios-X,

Não é retratado nem o esqueleto.

Só manchas de pecados

Ou marcas de fé.

 

22 - Indestrutível

 

Tentaram achatar-me

Na caminhada da vida.

Mas levantei e tomei

Forma outra vez.

 

23 - Teimosia senil

 

Nunca vi velhice mais feia

Da que a de pessoas

Que se recusam a envelhecer.

 

24 - Pesos iguais

 

A infelicidade

De um mau casamento

E a solidão crônica

De um solteiro,

Colocados na balança da desilusão

Talvez tenha o mesmo peso.

 

25 - Balsâmico

 

O amor é como um oásis

No deserto.

Sem ele somos apenas desertos.

 

26 - Chuva íntima

 

Só eu entendo a tempestade

De minha leve garoa.

 

27 - Assim pensava vovó

                 À Lídia Leal Pimenta, minha avó

 

Nostalgia é a saudade viva e triste

Da saudade alegre e morta.

 

Nem triste viva,

Nem triste morra

Quem a mim me entristeceu.

 

28 - Sede mortal

 

Quando alguém se suicida

Mata a sede de morrer,

Mas não sacia a de viver.

 

29 - Futuro incerto

 

Depois dos “trinta”

Vê-se com decepção

Como os anos correm.

Não é o medo da velhice,

É o que a velhice

Não está trazendo.

 

30 - Travessia

 

Fazer o percurso Paris-Dacar

Atravessando esse deserto a pé

É extremamente fácil.

Difícil é atravessar

Nosso próprio deserto.

 

31 - Obsessão

 

Algumas pessoas são

Uma imagem crônica

Na carência de muitos.

 

32 - Veredas

 

Há uma trilha

No mistério da vida,

Com surpresas boas

E muitas ciladas.

 

33 - Indisfarçável

 

Porque negar a idade

Se ela está escrita

Em alguma parte

Do meu corpo?

 

34 - Histerismo

 

Certas reações sentimentais

São como a contração involuntária

Dos músculos voluntários:

Uma convulsão aparentemente

Sem motivos.

 

35 - Cicatrizes faciais

 

Meu rosto tem caminhos

Que desconcertam minha vaidade.

 

36 - Mesquinhez

 

Tem rico que a nada dispensa,

Na despensa, tudo.

 

37 - Desatino

 

O amor carnal não tem tino.

Tem sede, fome e um destino: ...

 

38 - Penumbra

 

Somos como a lua minguante:

Nas noites de solidão

Só um lado reluz.

 

39 - Leviandade noturna

 

A noite tornou-se dama que insinua.

Cheia de encontros furtivos,

Porém extremamente solitária.

 

40 - Desprezo

 

Quando a gente deixa alguém

Que não respeita a gente,

A gente não deixou ninguém.

 

41 - Obediência

 

Os caminhos de Deus

Parece-nos, às vezes,

Demais longos.

Porém, seus finais são maravilhosos.

Não devemos pegar atalhos.

 

42 - O prazer atrás das letras

 

Prefiro um livro simples

Que me fale à alma,

A mergulhar num clássico

Sem eco.

 

43 - Plástica

 

Ao tentar resgatar a beleza

Que não tenho,

Aflora a vaidade que renego.

 

44 - Heroísmo inútil

 

Não há revolucionário maior

Quanto àquele que ganha uma revolução

E morre tentando ganhar outra.

Todavia, há quem prefira um covarde vivo.

 

45 - Constatação dolorosa

 

Às vezes nada, nem ninguém,

Quebra o silêncio de nossa solidão.

Nesse momento o que temos

É uma calmaria e a horrível

Paz da ociosidade.

 

46 - Respeito

 

O sentimento alheio

É para mim uma delicada

E raríssima obra de arte.

Faço tudo para não danifica-lo.

 

47 - Retrocesso

 

Sou bastante "Proustiana".

Estou sempre “em busca do tempo perdido”.

 

48 - Ateísta

 

O homem que afirma

Ser só matéria

É porque seu espírito

Não é lá grande coisa.

 

49 - No dizer de outrem

 

Entre aspas

É um pensamento

Copiado.

 

50 - Defesa

 

Eu não costumo

Defender pessoas,

Eu costumo defender

A verdade.

Ainda que ela esteja

Com meu inimigo.

 

51 - Ressentimento

 

Vida, vida, vida...

Se dez vidas eu tivesse,

Ainda assim

Nenhuma viveria.

 

52 - Trevas

 

A lua pudica

Esconde dos amantes explícitos

Sua pura e brilhante face.

 

53 - Mutismo

 

O bom entendedor

Compreende

As falas do silêncio.

 

54 - Sanguessuga

 

Feito hematófago sugo o passado.

Nas veias do tempo corre só você.

 

55 - Tenho dito

 

A carne carente,

Quando provocada,

Vira bicho.

Acautele-se!!

 

56 - Fascínio

 

As palavras

Fraseadas

Têm sabor

De êxtase!

 

 

 

***