Total de visitas: 18145
19 - Profecias Bíblicas
19 - Profecias Bíblicas

19 - Profecias Bíblicas

Para quem acha que a Bíblia é apenas um livro como outro qualquer, mostraremos o cumprimento de algumas profecias perfeitamente realizadas em nossos tempos.

1 - Profecia sobre a criação do Estado de Israel

Quem jamais ouviu tal coisa? quem viu coisas semelhantes? Poder-se-ia fazer nascer uma terra num só dia? nasceria uma nação de uma só vez? Mas logo que Sião esteve de parto, deu à luz seus filhos” (Isaías 66.8).

“Deu à luz seus filhos”. Isaías prevê o renascimento de Israel como o povo de Deus. Em apenas um dia Israel “nasceu”, e foi decretada como nação, perante o mundo, isso divulgado pelos antigos profetas, oficialmente anunciado em 14 de maio de 1948.

2 - Profecia bíblica, possivelmente, sobre um meio de transporte veloz

“... os carros resplandecem como o aço... Os carros andam furiosamente nas ruas; cruzam as praças em todas as direções; parecem como tochas, e correm como os relâmpagos” (Naum 2.3,4).

“Correm como os relâmpagos”. Essa imagem nos lembra àquelas fotos dos carros tiradas à noite, onde se vê apenas os riscos luminosos, como se fossem relâmpagos distribuídos na horizontal, sobre a rua.

“Andam furiosamente nas ruas”. Velocidade, tecnologia, muito além das bigas puxadas a cavalo.

3 - Profecia que remete ao uso da TV e do Satélite

“E concederei às minhas duas testemunhas (dois personagens bíblicos os quais não sabemos com exatidão quem são) que, vestidas de saco, profetizem por mil duzentos e sessenta dias. E, se alguém lhes quiser fazer mal, das suas bocas sairá fogo e devorará os seus inimigos; pois se alguém lhes quiser fazer mal, importa que assim seja morto. Elas têm poder para fechar o céu, para que não chova durante os dias da sua profecia; e têm poder sobre as águas para convertê-las em sangue, e para ferir a terra com toda sorte de pragas, quantas vezes quiserem.

E, quando acabarem o seu testemunho, a besta que sobe do abismo lhes fará guerra e as vencerá e matará. E jazerão os seus corpos na praça da grande cidade, que espiritualmente se chama Sodoma e Egito, onde também o seu Senhor foi crucificado. “Homens de vários povos, e tribos e línguas, e nações verão os seus corpos por três dias e meio, e não permitirão que sejam sepultados” (Apocalipse 11.3-9).

Essa profecia acontecerá quando estiver reinando o Anticristo, as Testemunhas pregarão o Evangelho e profetizarão a respeito do futuro, por mil duzentos e sessenta dias (três anos e meio), elas serão grande ameaça ao Anticristo e todo o mundo ímpio. Deus não permitirá que elas morram sem completar essa missão. Depois de mortas seus corpos ficarão expostos por três dias em uma praça de Jerusalém.

“Nações verão os seus corpos”. O mundo todo tomará conhecimento e verá, e só há um meio que permite isso: a TV e o satélite, em transmissão ao vivo. Sabemos que hoje é possível vermos acontecimentos ligados a povos que estão do outro lado do planeta graças a essa tecnologia.

4 - Profecia sobre a marca "666", que remete ao uso de tecnologia

Foi profetizado pela Bíblia a criação de uma forma, a qual não sabemos se por meio de um chip, de um “código de barra” ou uma espécie de tatuagem, que exercerá total poder de controle sobre aqueles que aceitarem o sinal. Tal método é para quando o Anticristo estiver reinando. Será denominado a marca da Besta (666).

“E fez que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e escravos, lhes fosse posto um sinal na mão direita, ou na fronte, para que ninguém pudesse comprar ou vender, senão aquele que tivesse o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome” (Apocalipse 13.16,17).

A meu ver, é muito provável que a “marca” seja dada por meio de um chip, com a evolução da tecnologia poderia ser utilizado de forma que desempenhará o mesmo papel daquelas tornozeleiras eletrônicas colocadas em presos, que não só monitora a localização do presidiário como ao serem retiradas enviam sinal de sua desconexão. Embora não possamos afirmar com convicção do que se trata.

De qualquer forma, o tal chip já existe, inclusive certo modelo é colocado em cães para identificá-los quando estes se perdem, e ultimamente em humanos.

O Anticristo vai usar a tecnologia, sem dúvida. Não só por meio de um chip, suponho, mas também de câmeras inteligentes, para localizar aqueles que não aceitaram a marca da Besta, como as usadas, principalmente, pelos países com segurança de primeiro mundo. Câmeras que identificam um rosto desconhecido ao fazer um milhão de comparações por segundo. Parece inverídico uma análise tão acelerada como essa. Também existem câmeras que identificam a pessoa pelo andar.

Em meio a essas informações nos deparamos com certos crentes que acham bobagem essas preocupações uma vez que a Igreja arrebatada não receberá esse sinal jamais.

Nunca vi tanto “egoísmo espiritual”. E a “Igreja” que vai ficar? E os que estão iludidos com esse mundo, por seus ceticismos, inclusive nossos familiares e amigos? Como, os que ficarem se defenderão do Anticristo se não tiverem embasamento para combatê-lo?

Isso nos faz lembrar a forte amizade entre Jônatas e Davi. Prestes a ir para a guerra ambos fizeram um pacto de lealdade e beneficência, em que Davi não seria prejudicado pela deslealdade do pai de Jônatas, Saul; antes, avisaria Jônatas a Davi a respeito do procedimento de seu pai, e Jônatas, considerando a possibilidade de morrer, pediu a Davi que usasse de altruísmo com a casa (família) dele.

Ora, Jônatas estava indo para a guerra, não fosse ele alguém boníssimo, iria pensar o que poderia acontecer numa posteridade longínqua? Pois ele pensou. Passado muitos anos, lembrou-se Davi desse pacto, já sendo ele rei, e quis saber se havia algum descendente da ‘casa de Saul’, a quem ele pudesse ajudar. Foi informado que havia um desterrado, morando em uma cidade miserável, chamada Lodebar. Mandaram buscar o rapaz e a ele foi restituídas as terras de seu avô Saul. Mefibosete passou a morar no palácio junto com o rei Davi (I Sm 9.11-43 e II Sm 9.1-13).

De qualquer maneira, há muita especulação e pouco sabemos sobre esse futuro.

5 - Foi prognosticado sobre o aquecimento global, não exatamente nesses termos

“A lua brilhará tanto quanto o sol, e a luz do sol será sete vezes mais forte, como se num só dia brilhasse a luz de sete dias...” (Isaías 30.26. - Versão da Bíblia na Linguagem de Hoje).

“O quarto anjo derramou a sua taça sobre o sol, e foi-lhe permitido que abrasasse (ardesse, queimasse) os homens com fogo. E os homens foram abrasados com grande calor; e blasfemaram o nome de Deus, que tem poder sobre estas pragas; e não se arrependeram para lhe darem glória” (Apocalipse 16.8.9).

Bem antes de o apóstolo João fazer essa presciência, no Livro de Apocalipse, como relata o versículo acima, por volta dos anos 90-96 d.C.; o profeta Isaías, cerca de 700-680 a.C., já nos alertava sobre uma elevada temperatura.

Uma grande onda de calor se espalhará sobre a terra, será tão insuportável, que as pessoas blasfemarão contra Deus. Seus corações de tão endurecidos recusar-se-ão a arrepender-se, a se humilhar.

Segundo pesquisas do Painel Intergovernamental Sobre Mudanças Climáticas (IPCC, citado em um texto no livro de Geografia "Novo Olhar”), formado por um grupo de pesquisadores que estudam as mudanças climáticas no planeta: “O século XX foi o mais quente dos últimos cinco, com aumento de temperatura média entre 0,3°C e 0,6°C. Esse aumento pode parecer insignificante, mas é suficiente para modificar todo clima de uma região e afetar profundamente a biodiversidade desencadeando desastres ambientais”.

“As causas do aquecimento global são relacionadas às atividades humanas, reforça o Instituto, que intensificam o efeito estufa através do aumento da queima de gases. A emissão desses gases é que é a causa do efeito estufa, quanto mais gases, mais rarefeita a camada de ozônio”.

“Embora imprevisíveis, as implicações do aquecimento global podem provocar grandes alterações nos ecossistemas terrestres. As grandes florestas tropicais podem ficar mais secas e até desaparecer, enquanto as florestas temperadas correm o risco de ser devastadas pela seca e pelo calor. O derretimento das geleiras polares, como vem ocorrendo na região Ártica, poderá aumentar o nível dos oceanos, que, ao longo do século XX, já subiu 10 cm. Se o nível continuar subindo, os oceanos poderão inundar ilhas e regiões costeiras mais baixas, em menos de cem anos. Em região onde o clima se torna mais úmido e mais quente pode ocorrer proliferação de insetos causadores de doenças tipicamente tropicais, como a dengue, a febre amarela e a malária. Sem falar na questão da diminuição da camada de ozônio, que filtra a radiação ultravioleta, afetada, ela é a responsável pela causa de câncer de pele, que atinge grande número de pessoas em todo o mundo”. Conforme exposto no livro de geografia de Rogério Martinez.

6 - Profecia sobre partícula subatômica, a “Partícula de Deus”

“Pela fé entendemos que os mundos foram criados pela palavra de Deus; de modo que o visível não foi feito daquilo que se vê” (Hebreus 11.3).

Desde a antiguidade o homem suspeitava que o mundo físico fosse formado por partículas menores, invisíveis a olho nu e indivisíveis, daí o termo grego átomo.

Esses minúsculos elementos ou “corpúsculos”, estão na base de tudo o que existe no Universo, sendo então como estados específicos fundamentais da matéria e energia, como nos afirma um site.

Em março de 2013 foi confirmada a descoberta do Bóson ou Bosão de Higgs, foi predito inicialmente em 1964 pelo físico britânico Peter Higgs, teoricamente surgida logo após o suposto “Big Bang”. Fora da comunidade científica é mais conhecida como “A Partícula de Deus” (God particle) devido ao fato de esta partícula ser referência para as demais. "Ela preencheu a última peça que faltava do Modelo Padrão da física, que ajuda a explicar o comportamento de minúsculas partículas subatômicas, além de confirmar suposições dos cientistas de como o Universo funciona. Mas, além de ter rendido o prêmio Nobel da Física para os dois teóricos da chamada “partícula de Deus”, a descoberta gerou muito mais dúvidas, afinal sabe-se pouco sobre como ele realmente funciona". Garante o site "revista Galileu". 

Diríamos que essa “partícula” estaria presente no Poder da Palavra Criadora de Deus, que por sua palavra fez o Universo existir daquilo que não podemos ver: a força do seu poder, conforme o versículo citado: “o visível não foi feito daquilo que se vê”.

7 - Profecia a respeito de, provavelmente, dois enormes asteroides que cairão no mar e “nos rios”

“O segundo anjo tocou a sua trombeta, e foi lançado no mar como que um grande monte ardendo em fogo, e tornou-se em sangue a terça parte do mar. E morreu a terça parte das criaturas viventes que havia no mar, e foi destruída a terça parte dos navios. O terceiro anjo tocou a sua trombeta, e caiu do céu uma grande estrela, ardendo como uma tocha, e caiu sobre a terça parte dos rios, e sobre as fontes das águas” (Apocalipse 8.8-10).

“Asteroides são imensos blocos, de rocha ou metal, perdidos no espaço há milhões de anos. Quando caem na Terra, os asteroides passam a ser chamados de meteoritos”.

Segundo os cientistas esses corpos passam a uma velocidade 100 ou 200 vezes maior do que a velocidade do som. Isso causa um grande e estrondoso choque quando eles atingem certa proximidade.

Em 1908 um objeto com aproximadamente 30 metros de diâmetros atingiu a Sibéria, apesar de ter explodido no ar e não ter atingido o chão, seus fragmentos destruíram milhares de árvores e devastou 2.150 quilômetros quadrados de florestas.

O povoado de Carancas, no Peru, também foi atingido por um meteoro, em 2007, que caiu a uma velocidade de 3 quilômetros por segundo. Explodiu no solo causando grande estrondo e pânico nos moradores, que afirmaram ter tido a sensação de estarem passando por um terremoto.

Em 2013 um meteoro passou sobre a região de Tchelyabinsk, distante 1.500 Km de Moscou, chegou à atmosfera com 15 metros de diâmetros pesando 7000 toneladas.

Em 2014 os astrônomos russos descobriram um novo asteroide medindo 370 metros, próximo a Vênus e Marte. Há uma possibilidade de ele ser naturalmente desviado em direção a terra.

Os astrônomos admitem que não têm tecnologia capaz de evitar um choque desses corpos com a terra e que não se pode prever data e local onde os mesmos cairão, mas garantem que um dia isso vai acontecer.

Quando isso acontecer, caso os salvos ainda estejam aqui, lembremos:

“Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia. Pelo que não temeremos, ainda que a terra se mude, e ainda que os montes se projetem para o meio dos mares; ainda que as águas rujam e espumem, ainda que os montes se abalem pela sua braveza. Bramam nações, reinos se abalam; Ele levanta a sua voz, e a terra se derrete. O Senhor dos exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio” (Salmo 46.1-11).

8 - Profecias sobre terremotos e vulcões

Muitos hão de afirmar que terremotos sempre aconteceram e que isso não seria novidade. Têm razão. Mas a novidade é o aumento deles e precisamos atentar para alguns alarmantes dados estatísticos.

“Quando ouvirdes de guerras e tumultos, não vos assusteis; pois é necessário que primeiro aconteçam essas coisas; mas o fim não será logo.

Então lhes disse: Levantar-se-á nação contra nação, e reino contra reino e haverá em vários lugares grandes terremotos, e pestes e fomes; haverá também coisas espantosas, e grandes sinais do céu” (Lucas 21.9-11).

Os muitos terremotos ocorridos em muitos lugares são sinais da proximidade da segunda vinda de Cristo, nos afirma o pastor Abraão de Almeida, por meio da Revista Show da Fé, e conclui: “De todos os fenômenos físicos sofridos pelo nosso planeta, talvez nenhum outro tenha vitimado tantas vidas e provocado maiores estragos que os tremores de terra”.

“Os especialistas em sismologia estão preocupados com o acentuado aumento de tremores de terra no planeta. Dos 6.300 abalos percebidos pelo homem, um número cada vez maior tem provocado destruições e vítimas fatais entre a população”.

Infelizmente, os terremotos são a forma de Deus chacoalhar a terra, uma lamentável forma de atrair, a Si, seus inúmeros moradores egoístas, avarentos, devassos, verdadeiros construtores de tesouros na terra, enquanto não possuem nenhum no céu; e o que é pior: enquanto seus semelhantes morrem de fome e na miséria. Pessoas orgulhosas de seus empreendimentos, prepotentes em suas ocas filosofias que excluem a honra divina.

Mas hão de falar: e os inocentes?! E as crianças?! Os inocentes que fizeram pactos com o Deus Altíssimo, ao longo de suas vidas, com Ele reinarão nos céus, a morte é só um meio que nos coloca diante dEle, cedo ou tarde. Sendo assim, que diferença faz o modo como morremos? As crianças, puras, já têm o Reino dos céus garantido. Embora seja lamentável tais tragédias.

9 - Profecias sobre Jesus

Antigo Testamento - Moisés registrou que Jesus seria um grande Profeta levantado em Israel.

(Moisés) Do meio de seus irmãos (dos israelitas) lhes suscitarei (levantarei) um profeta semelhante a ti; e porei as minhas palavras na sua boca, e ele lhes falará tudo o que eu lhe ordenar...” (Deuteronômio 18.18,19).

Novo Testamento: cumprimento

“Então, chegando-se, tocou no esquife e, quando pararam os que o levavam, disse: Moço, a ti te digo: Levanta-te. O que estivera morto sentou-se e começou a falar. Então Jesus o entregou à sua mãe. O medo se apoderou de todos, e glorificavam a Deus, dizendo: Um grande profeta se levantou entre nós; e: Deus visitou o seu povo”. (Lucas 7.14-16).

- O profeta Isaías disse que Jesus viria nascido de uma virgem. Ele seria a semente de uma mulher, e não de homem

A.T - “Portanto o Senhor mesmo vos dará um sinal: Eis que uma virgem conceberá, e dará à luz um filho, e será o seu nome Emanuel” (Isaías 7.14).

“Um sinal”, e que sinal fantástico! Uma virgem que teria um filho concebido pelo Espírito Santo, assunto comentado entre os profetas, ainda assim a maioria hebraica não creu e não recebeu Jesus como “o Salvador”. Isso ainda acontece na atualidade.

N.T - “Ora, no sexto mês, foi o anjo Gabriel enviado por Deus a uma cidade da Galileia, chamada Nazaré, a uma virgem desposada com um varão cujo nome era José, da casa de Davi; e o nome da virgem era Maria” (Lucas 1.26,27).

- Esse mesmo profeta revelou sobre a missão de Cristo

A.T - O Espírito do Senhor Deus está sobre mim, porque o Senhor me ungiu para pregar boas-novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos, e a abertura de prisão aos presos... a consolar todos os tristes; a ordenar acerca dos que choram em Sião que se lhes dê... ...óleo de gozo em vez de pranto, vestidos de louvor em vez de espírito angustiado; a fim de que se chamem árvores de justiça, plantação do Senhor, para que ele seja glorificado” (Isaías 61.1-3).

N.T - “Chegando a Nazaré, onde fora criado; entrou na sinagoga no dia de sábado, segundo o seu costume, e levantou-se para ler. Foi-lhe entregue o livro do profeta Isaías; e abrindo-o, achou o lugar em que estava escrito: O Espírito do Senhor está sobre mim, porquanto me ungiu para anunciar boas novas aos pobres; enviou-me para proclamar libertação aos cativos, e restauração da vista aos cegos, para pôr em liberdade os oprimidos, e para proclamar o ano aceitável do Senhor.

E fechando o livro, devolveu-o ao assistente e sentou-se; e os olhos de todos na sinagoga estavam fitos nele. Então começou a dizer-lhes: Hoje se cumpriu esta escritura aos vossos ouvidos" (Lucas 4.16-21).

- O profeta Miqueias profetizou sobre a cidade de seu nascimento

A.T - “Mas tu, Belém Efrata, pequena és para estar entre os milhares de Judá, (porém) de ti é que me sairá aquele que há de reinar em Israel, e cujas previsões são desde os tempos antigos, desde os dias da eternidade” (Miqueias 5.2).

N.T - “... reunindo todos os principais sacerdotes e os escribas do povo, perguntava-lhes onde havia de nascer o Cristo. Responderam-lhe eles: Em Belém da Judeia; pois assim está escrito pelo profeta: E tu, Belém, terra de Judá, de modo nenhum és a menor entre as principais cidades de Judá; porque de ti sairá o Guia que há de apascentar o meu povo de Israel” (Mateus 2.4-6).

- O profeta Jeremias anteviu a matança aos bebês quando a criança Jesus fora perseguida

A.T - “Assim diz o Senhor: Ouviu-se um clamor em Ramá, lamentação e choro amargo. Raquel chora a seus filhos, e não se deixa consolar a respeito deles, porque já não existem” (Jeremias 31.15).

N.T - “Então Herodes, vendo que fora iludido pelos magos, irou-se grandemente e mandou matar todos os meninos de dois anos para baixo que havia em Belém, e em todos os seus arredores, segundo o tempo que com precisão inquirira dos magos. Cumpriu-se então o que fora dito pelo profeta Jeremias: Em Ramá se ouviu uma voz, lamentação e grande pranto: Raquel chorando os seus filhos, e não querendo ser consolada, porque eles já não existem” (Mateus 2.16-18).

Ainda hoje existe parte dos ossos dos bebês assassinados nessa matança, por Herodes, como prova do “massacre dos inocentes”, na Igreja da Natividade, na cidade de Belém, em Israel.

- O profeta Zacarias profetisa que o Messias seria recebido em Jerusalém como Rei, porém, montado em um jumentinho

A.T - “Alegra-te muito, ó filha de Sião; exulta, ó filha de Jerusalém; eis que vem a ti o teu rei; ele é justo e traz a salvação; ele é humilde e vem montado sobre um jumento...” (Zacarias 9.9).

N.T - “Trouxeram-no, pois, a Jesus e, lançando os seus mantos sobre o jumentinho, fizeram que Jesus montasse. E, enquanto ele ia passando, outros estendiam no caminho os seus mantos. Quando já ia chegando à descida do Monte das Oliveiras, toda a multidão dos discípulos, regozijando-se, começou a louvar a Deus em alta voz, por todos os milagres que tinha visto, dizendo: Bendito o Rei que vem em nome do Senhor; paz no céu, e glória nas alturas” (Lucas 19.35-38).

Que emoção, receber a Jesus, e dessa maneira! Praticamente “vejo” a cena. Eles estendiam seus mantos não só sobre o jumento, mas, também no chão para Jesus passar. Isso só acontece com os humildes, com os “pobres de espírito”, com os que não se deixaram contaminar com o egocentrismo. Inclusive, a Bíblia cita o caso do rei Herodes que se recusou a dar a glória devida a Deus, a honra, a reverência. Foi acometido de uma grave doença que o levou a ser devorado por ‘bichos’ (tapurus?) e morreu.

“E achou Jesus um jumentinho e montou nele, conforme está escrito: Não temas, ó filha de Sião; eis que vem teu Rei, montado sobre o filho de uma jumenta. Os seus discípulos, porém, a princípio não entenderam isto; mas quando Jesus foi glorificado, então eles se lembraram de que estas coisas estavam escritas a respeito dele, e de que assim lhe fizeram” (João 12.14-16).

- Esse profeta também anteviu a traição sofrida por Jesus, bem como o valor pago

A.T - “... reconheceram que isso era palavra do Senhor. E eu lhes disse: Se parece bem aos vossos olhos, dai-me o que me é devido; e, se não, deixai-o. Pesaram, pois, por meu salário, trinta moedas de prata.

Ora o Senhor disse-me: Arroja (arremessa, joga) isso ao oleiro, esse belo preço em que fui avaliado por eles. E tomei as trinta moedas de prata, e as arremessei ao oleiro na casa do Senhor” (no santuário - Zacarias 11.11-13).

N.T“Então Judas, aquele que o traíra, vendo que Jesus fora condenado, devolveu, compungido, as trinta moedas de prata aos anciãos, dizendo: Pequei, traindo o sangue inocente. Responderam eles: Que nos importa? Seja isto lá contigo. E tendo ele atirado para dentro do santuário as moedas de prata, retirou-se, e foi enforcar-se” (Mateus 27.3-5).

- O rei, e salmista, Davi, predisse as últimas palavras de Cristo na cruz:

A.T - Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste? por que estás afastado de me auxiliar, e das palavras do meu bramido”? (Salmo 22.1).

N.T - “Cerca da hora nona, bradou Jesus em alta voz, dizendo: Eli, Eli, lama sabactani; isto é, Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste”? (Mateus 27.46).

- Prenunciou que os ossos de Cristo não seriam quebrados

A.T- “Ele lhe preserva todos os ossos; nem sequer um deles se quebra” (Salmo 34.20).

N.T - “Ora, os judeus... ...rogaram a Pilatos que se lhes quebrassem as pernas, e fossem tirados dali (os crucificados). Foram então os soldados e, na verdade, quebraram as pernas ao primeiro e ao outro que com ele fora crucificado; mas vindo a Jesus, e vendo que já estava morto, não lhe quebraram as pernas... para que também vós creiais. Porque isto aconteceu para que se cumprisse a escritura: Nenhum dos seus ossos será quebrado” (João 19.31-36).

- Previu que os soldados romanos lançariam sorte sobre sua túnica

A.T - “Repartem entre si as minhas vestes, e sobre a minha túnica lançam sortes” (Salmo 22.18).

N.T - “Então, depois de o crucificarem, repartiram as vestes dele, lançando sortes, para que se cumprisse o que foi dito pelo profeta...” (Mateus 27.35).

- Davi profetizou também que Jesus seria traído por alguém próximo, um daqueles que comia à mesa do Mestre

A.T - “Até o meu próprio amigo íntimo em quem eu tanto confiava, e que comia do meu pão, levantou contra mim o seu calcanhar” (Salmo 41.9).

N.T - “Aquele discípulo, recostando-se assim ao peito de Jesus, perguntou-lhe: Senhor, quem é (o traidor)? Respondeu Jesus: É aquele a quem eu der o pedaço de pão molhado. Tendo, pois, molhado um bocado de pão, deu-o a Judas, filho de Simão Iscariotes” (João 13.25-26).

“Irmãos, convinha que se cumprisse a escritura que o Espírito Santo predisse pela boca de Davi (o apóstolo Pedro falando), acerca de Judas, que foi o guia daqueles que prenderam a Jesus...” (Atos 1.16,17).

E assim, sucessivamente, são muitas as previsões no Antigo Testamento em que se pode provar no Novo Testamento, sobre Jesus, considerando que há uma distância de séculos entre a escrita de um e outro, bem como alguns fatos da atualidade. Mas os duvidosos serão capazes de afirmar que quem escreveu o Novo Testamento (autores de diferentes épocas e locais) teve a preocupação de escrever de forma que houvesse compatibilidade. Tais pessoas são casos perdidos. Por que Deus os entrega a si mesmos, às suas paixões, às suas defesas, aos seus interesses, aos seus sofismas que contradizem a Palavra de Deus. Suas mentes justificam as suas ações iníquas por meio da razão deturpada (Rm 1.26). E ai de quem se deixa guiar por si próprio, por falsas veredas, por uma mente e coração enganosos.

A religião cristã que se fundamenta em seus próprios desígnios e caminha à margem da Bíblia, sequer deve ser considerada.

- Profecia do próprio Deus no Antigo Testamento, sobre Cristo

A.T - “Do meio de seus irmãos lhes suscitarei um profeta semelhante a ti (Deus falando)... ...e qualquer que não ouvir as minhas palavras, que ele falar em meu nome, eu exigirei contas” (Deuteronômio 18.18,19).

- Profecias do próprio Jesus sobre as decorrências da rejeição a ele (o profeta Cristo)

N.T “Porque dias virão sobre ti em que os teus inimigos te cercarão de trincheiras, e te sitiarão, e te apertarão de todos os lados, e te derrubarão, a ti e aos teus filhos que dentro de ti estiverem; e não deixarão em ti pedra sobre pedra, porque não conheceste o tempo da tua visitação (Jesus proferindo - Lucas 19.43,44).

Cumpriram-se as palavras de Jesus, “os teus inimigos te cercaram de trincheiras”, “derrubarão, a ti e aos teus filhos que dentro de ti estiverem”, quarenta anos mais tarde (70 d.C), quando Jerusalém foi destruída pelo exército romano e milhares de judeus foram mortos.

“E falando-lhe (a Jesus) alguns a respeito do templo(de Herodes), como estava ornado de formosas pedras e dádivas, disse ele: Quanto a isto que vedes, dias virão em que não se deixará aqui pedra sobre pedra, que não seja derrubada” (Lucas 21.5,6).

O cumprimento desta outra profecia também se deu na mesma ocasião, no ano 70 d.C., o general Tito, com seu exército, destruiu tanto a cidade de Jerusalém como o templo de Herodes, incendiando-o, depois de um cerco de 134 dias.

Quanto ao templo de Herodes a profecia de Cristo foi precisa e minuciosa, como tinha que ser: os alicerces dos edifícios foram arrancados e toda a sua extensão ficou aplainada. Não ficou ali “pedra sobre pedra”.

 

 

 

revistashowdafe.com.br - Revista Graça - A Revista da Fé Cristã - números: 176, 178, 179, 181 e 187.  - Graça Artes Gráficas e Editora Ltda, Rio de Janeiro, RJ.

BÍBLIA de Estudo Pentecostal – AT e NT. Referências e Algumas Variantes. Trad. João F. de Almeida. São Paulo, CPAD/SBB, 1995.

MARTINEZ, Rogério. Novo Olhar: Geografia, vol. 03/Rogério Martinez e Vanessa Pires Garcia Vidal – 1ª Ed. São Paulo, FTD 2013 (citando: IPCC — Intergovernmental Panelon Climate Change - www.ipcc.ch).

https://www.epochtimes.com.br/fenomenos-espirituais (Por Tara Mac Isaac, Epoch Times em Ciência e Tecnologia - Além da Ciência)

http://br.rbth.com/ciencia/2014/11/17/asteroide_descoberto_por_russo_ (AndrêiRáskin, especial para Gazeta Russa - 17/11/2014).

https://mundoestranho.abril.com.br/historia/como-foi-a-fundacao-de-israel

biomania.com.br/artigo/átomo

pt.wikipedia.org/wiki/Partícula_subatômica

https://revistagalileu.globo.com/Ciencia/noticia/2018/06/boson-de-higgs-e-visto-acompanhado-pela-primeira-vez.html

Vide tópico 56 - Referências Bibliográficas